Marido de deputada que votou pelo impeachment, prefeito é preso pela PF

segunda-feira, 18 de abril de 2016 Pôla Pinto



O prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz (PSB), foi preso preventivamente pela Polícia Federal em Brasília na manhã desta segunda-feira. Ele é marido da deputada Raquel Muniz (PSD), que votou a favor do impeachment, e estava na capital justamente para acompanhar o processo contra a presidente Dilma Rousseff.

A investigação da Polícia Federal apura suspeitas de fraudes em licitação na área da saúde. A ação foi batizada de “Operação Mascara da Sanidade II – Sabotadores da Saúde”. Ocorreram ainda outras prisões em Montes Claros.
Ao proferir seu voto na sessão de ontem, a deputada fez questão de exaltar a gestão do marido:

“Meu voto é em homenagem às vítimas da BR-251. É para dizer que o Brasil tem jeito e o prefeito de Montes Claros mostra isso para todos nós com sua gestão. Meu voto é por Tiago, David, Gabriel, Mateus, minha neta Julia, minha mãe Elza. É pelo norte de Minas, é por Montes Claros, é por Minas Gerais, é pelo Brasil. Sim, sim, sim”. disse a deputada.

NOTA: certamente enquanto a hipócrates defendeu e votou a Polícia Federal já deveria está planejando prender seu marido.


Deixe seu comentário

Tecnologia do Blogger.
Design desenvolvido por Railton Rocha | 84 9667-0229.