Mineiro comenta denúncias do MP contra José Agripino, Wilma de Faria e Ezequiel Ferreira

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015 Pôla Pinto


O deputado Fernando Mineiro (PT) comentou, durante a sessão ordinária desta terça-feira, 24, as denúncias do Ministério Público no âmbito da Operação Sinal Fechado, que investiga o suposto esquema de pagamento de propinas a políticos locais, com o objetivo de acelerar a aprovação de um projeto de lei para a implantação da inspeção veicular obrigatória no Rio Grande do Norte. Ele afirmou que o caso precisa ser “investigado, apurado e concluído com rapidez, para que os culpados sejam responsabilizados e os inocentes, inocentados”.
De acordo com a denúncia do MP, com base na delação do empresário George Olímpio, os ex-governadores Wilma de Faria e Iberê Ferreira de Souza, ambos do PSB, o senador José Agripino Maia (DEM) e o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PMDB), teriam recebido dinheiro para não criar obstáculos à matéria.
Mineiro lembrou que o senador José Agripino, presidente nacional do DEM e ex-coordenador da campanha presidencial do senador Aécio Neves (PSDB), costuma usar as informações vazadas das delações da Operação Lava Jato “para ocupar generosos espaços na mídia, com o objetivo de julgar e condenar, particularmente, membros do PT”.
O deputado ponderou que, independentemente de tratar-se de um adversário político que está sendo acusado, sua postura é a mesma: “Defendo que as investigações sejam rápidas, para que cheguemos a um resultado pela Justiça. Apenas assim será possível responsabilizar quem tem envolvimento com esse processo e inocentar quem não tem”.
Leia a íntegra da matéria: http://goo.gl/EjtWBl


Deixe seu comentário

Tecnologia do Blogger.
Design desenvolvido por Railton Rocha | 84 9667-0229.